Rádio Veredas FM 98.1
Publicidade
Publicidade
Brazlândia/DF
Min.
Máx.
Fé e união da comunidade emocionam visitantes da Festa do Divino Espírito Santo
08/06/2019

Vice-governador Paco Britto visitou as instalações, participou de oração e percorreu ruas de Planaltina, ao lado de cavaleiros e da população

A beleza da Festa em Honra e Louvor ao Divino Espírito Santo, em Planaltina, neste sábado (8), misturou-se à emoção dos milhares de fiéis que acompanharam o cortejo dessa tradição que já perdura há 137 anos. Em meio aos devotos, o vice-governador do Distrito Federal, Paco Britto, percorreu as ruas da cidade. Ele visitou as instalações do evento, como o local destinado à cozinha. Lá, 30 voluntários preparavam pratos tradicionais, como graviola com carne de porco e almôndegas, novidade nesta edição da festa. A alimentação destinada aos participantes dos festejos é proveniente de doações dos organizadores e de colaboradores do evento.
 
Paco Britto fez questão de participar do momento de oração liderado por um dos coordenadores de folia, Jalles Guimarães, responsável pela cozinha. “É uma festa de tradição, que saúda o Divino Espírito Santo e  importante para o calendário de Brasília”, ressaltou Paco Britto.
 
Para Guimarães, a cozinha representa a unidade da festa. “Só perde para a novena”, opinou, acrescentando que “aqui não tem quem recebe nada, apenas a bênção do Espírito Santo”. Emocionado, ele elogiou a equipe, que está trabalhando para a festa desde a última segunda-feira (3/6). Ele aproveitou a presença de Paco Britto para pedir apoio do governo à família do Divino Espírito Santo, que garantiu recebê-lo no gabinete em uma visita que deverá ser marcada.
 
Bandeiras
O ápice da folia foi o encontro das bandeiras vermelhas com detalhes em amarelo, quando os fiéis e peregrinos das sete paróquias da região desfilaram pelas ruas da cidade em direção à igreja matriz São Sebastião, ao som da banda de música da cidade.
 
À frente estavam os casais coordenadores, imperadores Aureliano e Larissa Guimarães; e os foliões de rua, Miguel Ângelo e Andreia Eça, levando o simbolismo da festa: o Divino Espírito Santo; a bandeira; a coroa; o cedro e uma imagem de Nossa Senhora Aparecida. Ao chegarem à igreja, os presentes receberam a bênção do pároco de Planaltina, padre Paulo Renato.
 
Em sequência, houve a interpretação da “Ave Maria” e o céu de Planaltina ficou ainda mais colorido com os balões vermelhos simbolizando os pedidos dos fiéis a Deus. Na opinião da voluntária Josefa Domingos, 85 anos, que chegou à cidade em 1969, vinda da Paraíba, a Festa do Divino Espírito Santo “é o céu para a gente”. Ela participa do cortejo há 26 anos.
 
A festa envolve mais de 50 mil pessoas de toda a cidade, de crianças a pessoas da terceira idade. Como é o caso da moradora Domingas Evangelista, 96 anos, que debaixo de um sol escaldante, permaneceu firme em pé acompanhando os festejos. “Que Deus me permita chegar aos 100 anos, para continuar assistindo”, disse, confiante.
 
Histórico
Planaltina, a mais antiga cidade do Distrito Federal, celebra todo ano a Festa em Honra e Louvor ao Divino Espírito Santo nas sete paróquias locais. A tradição, que dura há 137 anos, envolve as famílias pioneiras da cidade, cujos festejos tiveram início na Paróquia São Sebastião, época em que Planaltina ainda era cidade do estado de Goiás.
 
A partir disso, a festa ganhou notoriedade e atualmente integra o Calendário Oficial de Eventos do Distrito Federal. A fé ao Excelso Paráclito é passada de pais para filhos, como é o caso da secretária do vice-governador, Luciana Brasileiro, que, emocionada, disse que acompanha os festejos desde os cinco anos, quando sua mãe Maria de Lourdes Brasileiro (in memorian), era uma das responsáveis pela festa.
Fonte: AGÊNCIA BRASÍLIA *
VOZ DO BRASIL
19:00 as 20:00
Publicidade
Peça a sua música!
Envie seu Pedido Musical preenchendo todos os dados abaixo:
Atendimento
Endereço: - Brazlândia/DF
Ligue agora
(61) 3391-5353
Horário de atendimento
08:00 AS 18:00 HS